FLAGCOUNTER DE ALÔ VIDEOSFERA - LINK IN

LITURGIA DIÁRIA COM O PADRE RÓGER ARAÚJO - 2017 - ANO A - REPÓRTER CATÓLICO - VALDIVINO FILHO

LITURGIA DIÁRIA COM O PADRE RÓGER ARAÚJO - 2017   - ANO A - REPÓRTER CATÓLICO - VALDIVINO FILHO
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR A LITURGIA

segunda-feira

LEITURA ORANTE DA PALAVRA - EVANGELHO SEGUNDO MT, 14,13-21 - A MULTIPLICAÇÃO DOS PAES

Preparação:

O Evangelho desta segunda feira  é uma das mais belas passagens da vida de Jesus - Primeira  multiplicação dos pães - Citação bíblica: Mt 14,13-21
Após  a morte de João Batista, os apóstolos foram anunciar o ocorrido a Jesus.

Com o coração contrito, vamos pedir ao Divino Espírito Santo, muita luz e a graça de compreender bem esta Palavra:
Espírito Santo, ilumine esta leitura orante, a minha mente e o meu coração, para que eu possa compreender bem a Palavra de Deus e o que Ele deseja falar ao meu coração.

1º passo: Leitura : O que o texto diz?
O texto diz que Jesus ouvindo o que os discípulos anunciaram sobre a morte de João Batista, partiu dali, de barco, para um lugar deserto, afastado. Assim que as multidões o souberam, vieram das cidades, seguindo-o a pé. Assim que desembarcou, viu uma multidão e tomado de compaixão, curou seus doentes. Chegada a tarde, aproximaram-se dele seus discípulos dizendo que o lugar  era deserto e a hora já estava avançada e que despedisse as multidões para que fossem aos povoados comprar alimento para eles. Mas Jesus lhes disse que não era preciso que fossem embora e que eles lhes dessem eles mesmos de comer. Os discípulos disseram que só tinham 5 pães e dois peixes. Jesus disse-lhes para trazê-los ali. Ele mandou que as multidões se acomodassem na grama, tomou os 5 pães e os 2 peixes , elevou os olhos ao céu e pronunciou a benção. Em seguida deu-os aos discípulos e estes às multidões.
Todos comeram e ficaram saciados e ainda recolheram doze cestos cheios dos pedaços que sobraram.
Eram cerca de 5 mil homens, sem contar mulheres e crianças.


Refrão: 
Meu Deus fará 
Um milagre acontecer
Vai multiplicar 
O que trago em minhas mãos
Minha oferta 
Jesus transforma e dá
Pra alimentar 
Uma grande multidão


2º passo: Meditação: O que o texto diz para mim?
                        Jesus era primo de João Batista. Ele havia se encontrado com João Batista no dia em que foi batizado, sabia de todo o trabalho que ele realizava como profeta do Senhor. 
Imagino como Jesus se sensibilizou quando soube o que ocorrera com João Batista. João Batista foi decapitado! Que tristeza! Então Jesus se retira para ficar a sós por um momento, talvea para refletir sobre os acontecimentos e sua missão. Mas os discípulos estavam ali, firmes com ele. No dizer de hoje, quando estamos tristes pela perda de alguém muito querido, Jesus estava “dando um tempo”... Ele então conduz os seus discípulos a um lugar deserto, para que repousassem, atravessando o mar da Galiléia em um barco. Porém, ao desembarcarem, já uma grande multlidão os esperava.
E ai, ele se dá conta, que haviam pessoas, às dezenas de milhares...haviam ali 5.000 pessoas que o vieram ouvir, clamar, pela cura de seus doentes, por problemas de subsistência,  alimento, moradia, saúde e paz, conflitos pessoais – seguem-no  como ovelhas sem pastor! Ele sente  compaixão por seus seguidores! Aquela compaixão, aquele amor profundo,  no sentido da palavra grega: esplagnisomai – como somente as mães são capazes de sentir  - até às vísceras! Não há um amor igual no mundo! Jesus se compadece da multidão!
Os discípulos encontraram facilmente uma solução: ali era deserto, era melhor que ele os dispensasse, para irem aos povoados comprarem comidas.
 Oiiiii? Não! “Vocês é que têm de lhes dar de comer”! E eles disseram...mas só temos aqui 5 pães e 5 peixes, Senhor!...
Jesus foi rápido:” tragam isto aqui”! E abençoando partiu os pães e peixes e deu aos discípulos para distribuírem para a multidão.
Eu percebo esta cena, como o Pe. Guilherme Ximenes (da prelasia do Opus Dei) como um prenúncio da Santa Ceia, quando Jesus se entrega a nós, transformando o Pão em seu Corpo e o Vinho no seu Sangue – alimento de Vida eterna:  puro amor, compaixão e misericórdia por nós, por nossos sofrimentos e desesperos, ansiedades, por não sabermos esperar a nossa hora, aquela em que o Senhor preparou para a nossa felicidade e paz, compaixão de nós, por acharmos muitas vezes, quando não temos resposta para o nosso sofrimento, que Deus é o culpado, até provar o contrário! Ai Jesus, que ignorância a nossa! 
O milagre da multiplicação dos pães se chama, perdão, partilha, amor , justiça, paz   e misericórdia (Homilia de hoje do portal Canção Nova)
É como se Jesus nos dissesse nesta Palavra: meu amor por vocês é até às vísceras – COMPAIXÃO – ESPLAGNISOMAI!
IDE E DAI O MESMO AMOR Á MULTIDÃO CARENTE QUE OS OUVE, QUE OS SEGUE: ...ELES NÃO PRECISAM IR EMBORA, ”VÓS MESMOS DAI-LHES DE COMER”!

Refrão: 
Meu Deus fará 
Um milagre acontecer
Vai multiplicar 
O que trago em minhas mãos
Minha oferta 
Jesus transforma e dá
Pra alimentar 
Uma grande multidão


3º passo: Contemplação: O que a Palavra nos leva a experimentar?
               Experimentei o sentimento de misericórdia e contrição pela morte de João Batista, e coloquei-me no lugar daquela multidão que o acompanhou até aquele deserto, de forma improvisada, apenas para segui-lo e ouvir os seus ensinamentos. Nesta Palavra,  com toda a riqueza deste evangelho, Jesus nos deixa 3 aspectos para serem meditados:
1º fato -  Ele encheu-se de compaixão por aqueles que o seguiam.
2º fato – O amor de Cristo não é um amor teórico, ele não fica só com aquele        amor sentimental, Ele coloca o amor em prática!Ele cura os doentes e se preocupa em alimentá-los.
 3º fato -   A multiplicação dos pães e peixes tem a ver com a cena da Eucaristia, na 5ª feira Santa. 
                                                                   
 Refrão: 
Meu Deus fará 
Um milagre acontecer
Vai multiplicar 
O que trago em minhas mãos
Minha oferta 
Jesus transforma e dá
Pra alimentar 
Uma grande multidão


4º passo: Oração: O que o texto me leva  a falar com Deus?
"O Pão partilhado sacia a fome de todos… e ainda sobra… Não será esse o caminho a ser seguido, também nos nossos dias, para resolver o grave problema da fome no mundo?
Pai, preserva-me da cobiça e da ganância que me impedem de ser generoso com meu semelhante. E abre meu coração para a partilha e a misericórdia." Amém!  
(Padre Bantu Mendonça)                                                                        
  
Refrão: 
Meu Deus fará 
Um milagre acontecer
Vai multiplicar 
O que trago em minhas mãos
Minha oferta 
Jesus transforma e dá
Pra alimentar 



5º passo: Ação: O que a Palavra me sugere a viver? 
"Este é o momento de escolher um gesto concreto, para viver a Palavra de  Jesus no meu dia a dia. Pode ser uma atenção maior aos que convivem comigo, paciência com as pessoas, uma palavra amiga a quem precisa, uma ajuda aos necessitados, etc, ou outras ações que o Senhor suscite em meu coração". (EAD-PAULINAS CURSOS ON LINE- BH-MG)

"Como nós hoje, os discípulos reagiram com sabedoria humana, sugerindo o mais prudente, deixando a outros a solução. Mas Jesus disse que eles é que deviam resolver. 
Jesus fez sua parte: é seu modo divino de agir: deixa que percebamos o que é preciso, e façamos tudo que estiver ao nosso alcance. Depois o resto ele faz." ( R
evista de Aparecida nº 185 - Agosto de 2017)
                                                                  
 Refrão: 
Meu Deus fará 
Um milagre acontecer
Vai multiplicar 
O que trago em minhas mãos
Minha oferta 
Jesus transforma e dá
Pra alimentar 


Oração conclusiva:

Que o Senhor nos abençoe, conceda-nos a graça de sermos misericordiosos com os necessitados e carentes, que a Palavra da multiplicação dos pães, nos ajude a fazer tudo que estiver ao nosso alcance para auxiliar os refugiados, sem fronteiras, pois eles não escolheram esta vida, mas são vítmas da guerra e da sociedade acomodada e oportunista.






sábado

LITURGIA DA 17ª SEMANA DO TEMPO COMUM - O MARTÍRIO DE JOÃO BATISTA - ARAUTOS DO EVANGELHO




Resultado de imagem para são joão batista


                                             O martírio de São João Batista


Primeira Leitura (Lv 25,1.8-17)


1O Senhor falou a Moisés no monte Sinai, dizendo: 8“Contarás sete semanas de anos, ou seja, sete vezes sete anos, o que dará quarenta e nove anos. 9Então farás soar a trombeta no décimo dia do sétimo mês. No dia da Expiação fareis soar a trombeta por todo o país. 10Declarareis santo o quinquagésimo ano e proclamareis a libertação para todos os habitantes do país: será para vós um jubileu. Cada um de vós poderá retornar à sua propriedade e voltar para a sua família. 11O quinquagésimo ano será para vós um ano de jubileu: não semeareis, nem colhereis o que a terra produzir espontaneamente, nem colhereis as uvas da vinha não podada; 12pois é um ano do jubileu, sagrado para vós, mas podereis comer o que produziram os campos não cultivados.

Neste ano de jubileu cada um poderá retornar à sua propriedade. 14Se venderes ao teu conterrâneo, ou dele comprares alguma coisa, que ninguém explore o seu irmão; 15de acordo com o número de anos decorridos após o jubileu, o teu conterrâneo fixará para ti o preço de compra, e de acordo com os anos de colheita, ele fixará o preço de venda. 16Quanto maior o número de anos que restarem após o jubileu, tanto maior será o preço da terra; quanto menor o número de anos, tanto menor será o seu preço, pois ele te vende de acordo com o número de colheitas. 17Não vos leseis uns aos outros entre irmãos, mas temei o vosso Deus. Eu sou o Senhor, vosso Deus”.

- Palavra do Senhor.


- Graças a Deus.

SALMO 66

Responsório (SI 66)

— Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor, que todas as nações vos glorifiquem.

— Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor, que todas as nações vos glorifiquem.

— Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção, e sua face resplandeça sobre nós! Que na terra se conheça o seu caminho e a sua salvação por entre os povos.

— Exulte de alegria a terra inteira, pois julgais o universo com justiça; os povos governais com retidão, e guiais, em toda a terra, as nações.

— A terra produziu sua colheita: o Senhor e nosso Deus nos abençoa. Que o Senhor e nosso Deus nos abençoe, e o respeitem os confins de toda a terra.

EVANGELHO DO DIA

Mt 14,1-12

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.

1Naquele tempo, a fama de Jesus chegou aos ouvidos do governador Herodes. 2Ele disse a seus servidores: “É João Batista, que ressuscitou dos mortos; e, por isso, os poderes miraculosos atuam nele”.

3De fato, Herodes tinha mandado prender João, amarrá-lo e colocá-lo na prisão, por causa de Herodíades, a mulher de seu irmão Filipe. 4Pois João tinha dito a Herodes: “Não te é permitido tê-la como esposa”. 5Herodes queria matar João, mas tinha medo do povo, que o considerava como profeta. 6Por ocasião do aniversário de Herodes, a filha de Herodíades dançou diante de todos, e agradou tanto a Herodes 7que ele prometeu, com juramento, dar a ela tudo o que pedisse. 8Instigada pela mãe, ela disse: “Dá-me aqui, num prato, a cabeça de João Batista”. 9O rei ficou triste, mas, por causa do juramento diante dos convidados, ordenou que atendessem o pedido dela. 10E mandou cortar a cabeça de João, no cárcere. 11Depois a cabeça foi trazida num prato, entregue à moça e esta a levou para a sua mãe. 12Os discípulos de João foram buscar o corpo e o enterraram. Depois foram contar tudo a Jesus.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

ARAUTOS DO EVANGELHO - O MARTÍRIO DE JOÃO BATISTA

  
João Batista tinha sentido sobre a terra o Verbo Encarnado, desde o seio de sua mãe; o pai tinha-lhe predito que ele seria o profeta e devia preparar-lhe o caminho.
João, cujo nascimento celebramos a 24 de Junho, deixa o mundo desde sua primeira infância; deixa mesmo a casa paterna que era todavia uma casa de santos e retira-se para o deserto, longe do bulício dos homens, para só conversar com Deus. Tem como veste apenas um rude cilício de pele de camelo, um cinto também tão espantoso sobre os rins; como alimento, gafanhotos e mel silvestre; e na sede, água pura. Exposto às intempéries e não tendo outro retiro que os rochedos, sem recurso, sem servidores, e sem outra manutenção; essa a vida que leva João Batista, desde a infância. Queixamo-nos ainda agora!

Mas eis aqui uma privação bem mais surpreendente. João Batista tinha sentido sobre a terra o Verbo Encarnado, desde o seio de sua mãe; o pai tinha-lhe predito que ele seria o profeta e devia preparar-lhe o caminho. Entretanto, ele não deixa o deserto para o ir ver entre os homens; ele o conhece tão pouco, que será necessário que o Espírito Santo lhe dê um sinal, para o conhecer, quando chegar o tempo de o manifestar ao mundo. Todavia, ele ocupa-se sem cessar de Jesus, sem cessar ele medita em sua grandeza, sem cessar ele o adora em silêncio, sem cessar o escuta dentro de si. Ele não tem curiosidade de o ver com os olhos do corpo: é que ele sabe que Jesus opera invisivelmente, de longe como de perto. Eis quem deve servir e amar a Jesus, não mais como criança, que é preciso nutrir de leite, de consolações sensíveis, mas como homem feito, que se nutre de alimento sólido, que se nutre de privações e de sofrimentos. Somos assim?

terça-feira

LEITURA ORANTE DA PALAVRA - TEXTO BÍBLICO JOÃO 6,24-35 - ANO B - LECTIONAUTAS BRASIL

Resultado de imagem para eu sou o pao da vida

18º Domingo do Tempo Comum – Ano B
Domingo, 2 de agosto de 2015

“Ele deu ao povo pão do céu”

 Salmo 78.24

 PREPARAÇÃO ESPIRITUAL

 Amor divino, laço sagrado,
que unes ao Pai onipotente
e a seu bem-aventurado Filho,
Espírito consolador todo-poderoso,
dulcíssimo consolador dos aflitos,
impregna com tua soberana virtude
o mais profundo de meu coração;
que tua presença amiga encha de alegria,
pelo brilho deslumbrante de tua luz,
os rincões obscuros de minha morada abandonada;
vem fecundar com a riqueza de teu orvalho
o que uma longa estiagem fez murchar.[1]

TEXTO BÍBLICO: João 6.24-35

Jesus, o pão da vida

24Quando viram que Jesus e os seus discípulos não estavam ali, subiram nos barcos e saíram para Cafarnaum a fim de procurá-lo. 25A multidão encontrou Jesus no lado oeste do lago, e perguntaram a ele:
— Mestre, quando foi que o senhor chegou aqui?
26Jesus respondeu:
— Eu afirmo a vocês que isto é verdade: vocês estão me procurando porque comeram os pães e ficaram satisfeitos e não porque entenderam os meus milagres. 27Não trabalhem a fim de conseguir a comida que se estraga, mas a fim de conseguir a comida que dura para a vida eterna. O Filho do Homem dará essa comida a vocês porque Deus, o Pai, deu provas de que ele tem autoridade.
28— O que é que Deus quer que a gente faça? — perguntaram eles.
29— Ele quer que vocês creiam naquele que ele enviou! — respondeu Jesus.
30Eles disseram:
— Que milagre o senhor vai fazer para a gente ver e crer no senhor? O que é que o senhor pode fazer? 31Os nossos antepassados comeram o maná no deserto, como dizem as Escrituras Sagradas: “Do céu ele deu pão para eles comerem.”
32Jesus disse:
— Eu afirmo a vocês que isto é verdade: não foi Moisés quem deu a vocês o pão do céu, pois quem dá o verdadeiro pão do céu é o meu Pai. 33Porque o pão que Deus dá é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo.
34— Queremos que o senhor nos dê sempre desse pão! — pediram eles.
35Jesus respondeu:
— Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim nunca mais terá fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede.
  
1 - LEITURA
Que diz o texto?

 P. Daniel Kerber[2]
Algumas perguntas para ajudar-te em uma leitura atenta…
Para onde as pessoas se dirigiram em busca de Jesus? Segundo Jesus, por que as pessoas o procuram? Que tipo de comida descreve Jesus? De acordo com Jesus, o que Deus quer que façamos? O que comeram os antepassados? O que as pessoas pedem? O que lhes reponde Jesus?

 Algumas pistas para compreender o texto:
 No domingo passado, interrompemos a leitura do evangelho de Marcos e começamos a ler o capítulo 6 do evangelho de João: a multiplicação dos pães e o discurso subsequente a respeito do pão da vida. Na leitura de hoje, a multidão volta a juntar-se a Jesus e a seus discípulos, depois de se terem separado quando Jesus se havia retirado, sozinho, para o monte, porque se deu conta de que queriam levá-lo para fazê-lo rei (6.15).
O texto estrutura-se com um diálogo de Jesus com as pessoas, marcado por quatro perguntas. De seu lado, Jesus vai conduzindo o diálogo até revelar-se como pão de vida (v. 35), o que suscita um pedido final das pessoas.
Embora a primeira pergunta das pessoas seja bem superficial – “Mestre, quando foi que o senhor chegou aqui?” (v. 25) –, Jesus responde apontando o cerne: “… trabalhem … a fim de conseguir a comida que dura para a vida eterna”. Com este convite-mandato, começa um jogo de palavras que revela com profundidade a mensagem desta parte do texto. A palavra-chave é “fazer”, traduzida como “trabalhem” (v. 27) e presente nos vv. 28.29.30.
Os judeus, que estavam acostumados a “fazer” tantas coisas prescritas na lei (os rabinos tinham descoberto 613 preceitos), agora escutam que a única coisa que Deus quer que eles façam é que “creiam naquele que ele enviou” (v. 29). A fé em Jesus, aceitá-lo como o enviado do Pai é unicamente o que Deus quer “que façam”.
Os judeus pedem sinais (cf. 1Cor 1.22), como o do maná no deserto, e Jesus diz-lhes que é seu Pai quem dá o verdadeiro pão do céu, que desce e dá vida ao mundo. A resposta dos judeus não se faz esperar: “Queremos que o senhor nos dê sempre desse pão!” (v. 34). Este pedido reflete a busca que existe no coração de todo homem. Quando se oferece ao homem o alimento que dá vida, ele está disposto a recebê-lo, mas este é o começo do caminho; teremos que continuar a ler o capítulo para ver os passos a que Jesus convida.
Diante desta resposta, Jesus faz uma mudança radical. Ele lhes havia dito que a vontade de Deus é que eles acreditassem naquele que ele enviou, ou seja, em Jesus (cf. Jo 5.30,36,37); agora ele mesmo se apresenta como o pão que dá vida. Já não se trata apenas de aceitá-lo como o enviado, mas de recebê-lo como aquele em quem todos os anseios são satisfeitos: “Quem vem a mim nunca mais terá fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede” (v. 35). Perceba-se que existe uma identificação entre “vir a Jesus” e “crer nele”.
No evangelho, é a primeira vez que Jesus se apresenta com a fórmula “eu sou”, que era o nome de Deus no Antigo Testamento (cf. Êx 3.15); mais adiante, Jesus continuará com essa progressiva revelação de quem ele é: “Eu sou a luz” (8.12), “o bom pastor” (10.11,14), “a ressurreição e a vida” (11.25), “o caminho, a verdade e a vida” (14.6).
Esta primeira apresentação de Jesus como pão da vida abrirá nova seção do discurso, que acompanharemos no próximo domingo.
 2 - MEDITAÇÃO
O que o Senhor me diz no texto?
 Para este domingo, em sua Palavra, o Senhor traz uma situação comum no mundo: a necessidade de sermos saciados. Jesus confronta-nos com a exigência fundamental de participarmos da vida eterna e de não deter-nos a dar resposta apenas às necessidades básicas do corpo. Jesus indica-nos como saciar essa necessidade de vida plena seguindo-o e acreditando nele. Nesse seguimento se constrói a identidade do ser humano e se aprende a gostar do alimento que sacia as aspirações mais profundas: Para aquele que acredita, Jesus é fonte de vida.
Nós somos as pessoas do evangelho deste domingo: buscamos a Deus, temos necessidade de pão, temos fome de vida, mas não conseguimos encontrar a resposta que nos sacie. Por isso, adverte-nos o Papa Bento XVI: “Devemos perguntar-nos se sentimos realmente essa fome, essa fome da Palavra de Deus, a fome de conhecer o verdadeiro sentido da vida. Somente quem é atraído por Deus Pai, quem o escuta e se deixa instruir por ele pode crer em Jesus, encontrar-se com ele e alimentar-se dele e assim encontrar a verdadeira vida, o caminho da vida, a justiça, a verdade, o amor. Santo Agostinho acrescenta:
 “O Senhor afirmou que é o pão descido do céu, exortando-nos a crer nele.  Com efeito, comer o pão vivo significa acreditar nele. Quem crê, come; é saciado de modo invisível, e igualmente de modo invisível renasce (para uma vida mais profunda, mais verdadeira); renasce a partir de dentro e, no seu íntimo, torna-se um homem novo”.[3]
 Continuemos nossa meditação com estas perguntas:
 Qual é a motivação que me leva a buscar Jesus? Tenho realmente fome e sede de sua Palavra? Estou convencido de que Jesus realmente sacia minha fome e minha sede de plenitude?
 3. ORAÇÃO
O que respondo ao  que o Senhor me fala no texto?

Tu és o pão vivo,
Senhor da Vida.
Ajuda-nos a crer em tua pessoa
e viver segundo teu Projeto.
Queremos ser teus discípulos,
artesãos do teu Reino
e testemunhas de tua Causa.
Dá-nos sempre de teu pão,
tua pessoa, tuas palavras,
teus ensinamentos, teu modo de agir,
tua presença, teu Espírito.
Senhor, para que sejamos fortes na esperança,
dá-nos sempre de teu pão!
– Que assim seja.[4]
 4. CONTEMPLAÇÃO
Como ponho em prática, me minha vida, os ensinamentos do texto?
 Senhor, não quero conformar-me; quero alimentar-me mais de ti,
para que me faças crescer a cada dia.
 5. AÇÃO
Com que me comprometo para demonstrar mudança?
 Cuidarei de participar da Eucaristia durante a semana, tomarei consciência de que Jesus é o pão de vida que sacia minha fome de plenitude.
  
“A fé dos homens é comprovada em suas ações; ela
modela-lhes as feições e resplandece em seu olhar”.     
São Tomás de Aquino

 FONTE
http://www.lectionautas.com.br/2015/18o-domingo-do-tempo-comum-ano-B

quarta-feira

BENVINDOS À LEITURA ORANTE DA BÍBLIA - UMA NOVA EXPERIÊNCIA DE ORAÇÃO



Não sei por onde começar a partilhar esta experiência:
 Um belo dia,  sai de casa, sem nada programado ou proposto. Passando por uma livraria católica - IRMÃS PAULINAS, entrei; sem saber porquê, peguei um folheto e o li , sem saber que naquele momento toda a minha vida seria transformada. Tudo porque decidi ao ler aquele folheto anunciando os cursos do 2º semestre, matricular-me em um deles - A BÍBLIA EM COMUNIDADE - fazer a experiência de voltar a estudar, através de um curso EAD - ENSINO A DISTÂNCIA. Devido às mudanças ocorridas na minha família, para estar mais disponível para os netinhos que iam chegar, deixei de estudar piano e espanhol. e voltar para o estudo acadêmico, estava completamente fora de cogitação. E agora? Será que daria conta de levar em frente este novo projeto ? Se Deus quiser, vou conseguir! Matriculei-me sem mais dúvidas!
. Naquele momento Deus mudou o rumo do barco da minha vida! Os ponteiros da bússola  que oscilavam, agora haviam tomado uma direção certa!   Uma chuva de bençãos caia sobre a minha cabeça: me dei conta de que este era um sonho antigo: Um encontro pessoal com Jesus, como Jacó se encontrou com Deus e não foi mais o mesmo: mudou não apenas seu destino, mas o destino de toda a humanidade. Como Pedro na grande pesca milagrosa, quando se deu conta de que estava frente a frente com o Senhor:
"Pedro, então, jogou-se aos pés de Jesus pedindo que se afastasse dele, porque se reconhecia pecador. Mas Jesus não o rejeitou, antes, o convidou para ser seu discípulo. Não só ele, mas os quatro pescadores deixaram redes e barcos e seguiram Jesus. Lc 5,1-11
. Ali também os destinos  daqueles simples pescadores foram mudados e mais uma vez, o destino de toda a humanidade! 
Isto ocorreu comigo e tenho refletido sobre tudo  que está ocorrendo ainda , justamente no período em que estive afastada deste blog, preparando minha vida, agenda, reprogramando minhas atividades dentro e fora de casa,  pois este curso terá um começo, mas creio que não terá um fim  - só Deus o sabe - será como uma mudança de "hábitos", de conceitos, de reformulação de prioridades para seguir em frente, mas agora, com Jesus na direção de minha vida!

 "Senhor se Tu me chamas, eu quero Te ouvir,
Se queres que eu Te siga, respondo: eis-me aqui!"

Quem se interessar por um estudo sistemático da bíblia Sagrada, há uma postagem aqui, bem recente que coloquei com todos os detalhes, pois há ainda uma programação para novas turmas mais no fim do ano.
Como estava viajando quando o curso começou, ao chegar, tive que reconfigurar os principais aplicativos do computador que eram pre requisitos para o funcionamento da plataforma (que é muito carregada!). a etapa inicial, o Curso de Leitura Orante da Bíblia, que desenvolve uma espiritualidade bíblica, que nasce da situação existencial que estamos vivendo. É uma forma de orar mais criativa porque envolve a nossa vida, as nossas experiências ao mesmo tempo que estudando o texto bíblico em cinco etapas distintas,  temos a oportunidade de entrar pelos portais da Palavra de Deus, conforme disse a Irmã Rosana P., num áudio sobre a Iniciação à Leitura da Bíblia, uma nova experiencia de oração!



                                                                                    

quinta-feira

DIVULGAÇÃO DO CURSO BÍBLIA EM COMUNIDADE - VISÃO GLOBAL DA BÍBLIA - ON LINE - IRMÃS PAULINAS - EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA


Para se inscrever nos cursos na modalidade de Educação à Distância (EAD) - ON LINE, você precisa preencher alguns requisitos e providenciar alguns documentos. Consulte a lista.
CURSO EM PREPARAÇÃO: VISÃO GLOBAL DA BÍBLIA - IRMÃS PAULINAS - B.HTE-MG
INÍCIO: 14/07/2017 - VEJA OS PRÉ REQUISITOS:
• Ter o segundo grau completo.
• Ter engajamento na comunidade, ou desejo de engajar-se posteriormente.
• Ter um computador e saber lidar com editor de texto, e-mail, Internet
• Ter instalado os programas no computador:  Adobe FlashReal PlayerWindows Media PlayerPDFMozila Firefox ou Internet Explorer – para conseguir ver os vídeos e ler os textos.
• Ter a Bíblia, de preferência a de Jerusalém, mas não necessariamente.
• Ter os livros da Visão Global da Bíblia para o estudo. Você pode adquiri-los clicando aqui.
Documentos necessários
• Preencher a ficha de inscrição. Seus dados serão enviados para o Serviço de Animação Bíblica (SAB) para a elaboração do contrato.
• O cursista deve enviar a Paulinas SAB para o email sab.ead@paulinas.com.br ou pelo SEDEX, a seguinte documentação, necessária para inscrição (Veja abaixo os dados para o envio):
• 1 (uma) foto 3×4 (recente)
• Cópia do Documento de Identidade (RG), CPF, Título de Eleitor.
• Cópia do Comprovante de Endereço (Água, Luz, Telefone)
• Cópia do Histórico Escolar e do Diploma do Ensino Médio
• Cópia do Histórico Escolar e do Diploma do Curso Superior. Caso a pessoa tenha Curso Superior, enviar somente as cópias deste último.
• Carta de intenção ou de motivação na qual deverá constar: (pode ser preenchida online na própria ficha de inscrição).
• Por que pretende fazer o curso? Justificativa.
• O que pretende alcançar com o curso? Justificativa.
• Carta de apresentação do Provincial ou responsável, no caso de candidatos(as) ou formandos(as) à Vida Religiosa / Consagrada.
Informações para envio da documentação pelos correios
A/C PAULINAS / SAB – Curso Bíblia em Comunidade, Visão Global da Bíblia – EAD
Av. Afonso Pena, 2.142, Funcionários
CEP: 30130-007
Belo Horizonte – MG
Custos do Curso Bíblia em Comunidade, primeiro nível Visão Global da Bíblia pela Internet
• Depois de preenchida a ficha de inscrição, e o pagamento da taxa de matrícula (R$ 75,00), o cursista deverá enviar os documentos acima listados e a carta com a motivação para a emissão do Contrato. Após o contrato assinado, deverá ser digitalizado e enviado para o email: sab.ead@paulinas.com.br. Procede-se assim a realização da matrícula.
O pagamento mensal do curso  deverá ser efetuado por boleto bancário, em qualquer agência bancária até o vencimento (mais 20 parcelas de R$ 75,00). Este boleto será disponibilizado mensalmente, por meio do SGA – Sistema de Gestão Acadêmica / Paulinas.
Assim que a matrícula estiver efetivada e confirmada, o cursista receberá no e-mail cadastrado na ficha de inscrição, os respectivos login e senha para os dois sistemas: o SGA (emissão de boletos) e para o Moodle (acesso aos conteúdos e aulas).
Os livros da coleção, dos volumes 01 a 15, deverão ser adquiridos pelos(as) cursistas em qualquer livraria Paulinas ou pelo site: http://www.paulinas.org.br.
Atividades
O cursista deve dedicar no mínimo 12 horas semanais ao estudo, que incluem: o acesso à Plataforma de Educação a Distância – Moodle, a leitura dos fascículos, a visualização de vídeos, a realização de tarefas, avaliações e atividades individuais ou em grupo nos horários que forem convenientes.
Critérios de Avaliação e de Continuidade no Curso
– O cursista deve atingir a média mínima de 70 (setenta) e ter 75% de presença (que é monitorada pela Barra de Progresso).
– O atraso nas entregas das atividades, após o fechamento do tópico, gerará redução de notas.
– Se ao finalizar o módulo, o cursista esteja com média acima de 50 (cinquenta) o mesmo terá 2 (dois) dias corridos para a entrega de todas as atividades propostas.
– Se ainda assim, o cursista não atingir a média de 70 e a frequencia de 75%, o cursista não seguirá para o próximo módulo do curso, enquanto não o refizer numa próxima turma, em que o módulo estiver disponível.
– Para obter seu Certificado ao final do curso, o cursista deverá entregar as atividades nos prazos estabelecidos e será avaliado qualitativamente. Caso não tenha feito as atividades de forma pertinente, será convidado a refazê-las, com as devidas orientações dos tutores, numa próxima turma em que o módulo / atividade estiver disponível.
O certificado de conclusão do CURSO BÍBLIA EM COMUNIDADE: VISÃO GLOBAL DA BÍBLIA – EAD será emitido por SAB / PAULINAS com o Histórico das disciplinas cursadas, em parceria com a FAJE – Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, na modalidade de Extensão Universitária.


FONTE

ESTOU FAZENDO ESTA DIVULGAÇÃO DO CURSO BÍBLIA EM COMUNIDADE - VISÃO GLOBAL DA BÍBLIA,  COOPERANDO  COM O SAB/PAULINAS -SERVIÇO DE ANIMAÇÃO BÍBLICA - 
CONVIDO AOS INTERESSADOS ENTRAREM EM CONTATO COM O SAB/PAULINAS PARA MAIORES INFORMAÇÕES. AS INSCRIÇÕES AINDA ESTÃO ABERTAS.  VENHAM!

quarta-feira

PLAYLIST THE BEST OF BEETHOVEN - O RETORNO À VIDEOSFERA



VEJAM TODA A PLAYLIST NO ÍCONE NO ALTO DO VÍDEO À ESQUERDA


Olá pessoal,


Estive fora boa parte do mês de maio, contra a minha vontade, porque estava fazendo um up grade no computador, para torná-lo mais leve. Aproveitamos para revermos a nossa operadora, fazer uns estudos para ver se valia a pena migrarmos para outra. Enfim, continuamos na VIVO, mas mudamos para um pacote completo, que inclui todos os aparelhos: TV, internet, telefone  e celulares, bem melhor que o pacote que estávamos usando. Nisto, lá se foi um mês precioso, sem falar no tempo que tive que ficar aguardando a visita dos técnicos.
Impossível viver hoje sem este conforto da telecomunicação. Não se trata mais de um "luxo", mas uma necessidade real! 
Espero que agora, após todos os sistemas ativados, não tenha mais problemas para continuar com os trabalhos nos blogs. 
Peço-lhes desculpas pela ausência, mas daqui para frente serão bem mais produtivas e eficientes, as postagens nos blogs; não terei que ficar longos segundos aguardando o acesso no computador ou no You Tube, que é a minha plataforma preferida. Ah sim, das crianças daqui de casa também!

Um abraço,

Márcia MSA
31/05/17



terça-feira

REFLEXÃO PARA O DIA DAS MÃES

VALE DA IMACULADA CONCEIÇÃO
Piedade dos Gerais-MG


Acesse o link abaixo para ouvir a mensagem do dia 08/05/13:

http://www.valedaimaculadaconceicao.com.br/mensagens-2013/maio/viewdownload/26-maio/151-mensagem-de-08-de-maio-de-2013.html

Prezados visitantes e amigos,


Dia Das Mães

OUÇA ESTA LINDA MÚSICA AO LER ESTA REFLEXÃO



Domingo vamos comemorar esta data tão linda - o dia das mães! Felizes os amigos e amigas que podem passar este dia com suas famílias, mãe, pai, irmãos e amigos - reunir, festejar este dia! Para aqueles que não terão esta oportunidade, quero fazer esta reflexão:

 Sempre teremos ao nosso lado a presença de nossa Mãe, aquela que Jesus nos deixou, no momento de sua  agonia, antes de sua partida deste mundo, quando disse ..."Mãe, eis aí teu filho. Filho, eis aí a tua mãe"! A partir daquele momento, para quem acreditou, para quem tem fé, não existiu mais filhos órfãos! Na pessoa de Nossa Senhora, que é a mensageira de Jesus Cristo, os filhos de Deus encontram o conforto, a paz, a sabedoria, a força, o perdão, a graça, a salvação e a bem aventurança! 

Dói pensar que após tantas graças e bençãos, ainda encontramos pessoas, familiares ou amigos, que rejeitam a misericórdia de Deus, o catecismo dos céus, o auxílio de Nossa Senhora em suas vidas, tão carentes da graça de Nosso Senhor! Às vezes, me bate uma ansiedade ao pensar que Jesus e o Pai, estão enviando a seus filhos as últimas dádivas de sua misericórdia, através do Espírito Santo, como prometeu em suas aparições à Irmã Faustina, e esta tábua de salvação encontra as portas dos corações de seus filhos, trancadas,  cerradas e inacessíveis, ainda que estes se encontram doentes e vazios de fé e esperança! 

Nesta véspera do dia das mães, trago para vocês mais uma mensagem de Nossa Senhora de Piedade, de quem conheci as graças e recebi a benção tão real, em sua aparição à Marilda Santana.  Eu me pergunto, como pude passar toda uma vida, sem esta catequese do céu? 

 Eu testemunhei pela fé duas aparições da mãe de Piedade à sua porta voz, Marilda Santana e tive a convicção de que um ser humano não seria capaz de transmitir  ao mundo, durante 26 anos, as mensagens de Nossa Senhora, com tanta santidade,  sabedoria e ciência, como as mensagens são transmitidas pela sua porta voz, Marilda Santana.

Eu me coloco como uma serva de Deus,  para divulgar as Mensagens de Nossa Senhora, através deste blog, não apenas no Brasil mas também no mundo, como ele tem sido acessado,  com as ferramentas oferecidas pela internet, pelo Google e pelo Blogger. Quantas pessoas cristãs, com boa formação, estão desprezando todos estes anos, este mistério de Nossa Senhora? E quantos são os mistérios proclamados no Santo Rosário diariamente...será que Deus não poderia estar nos apresentando neste momento,  mais um mistério para provar a nossa fé, a nossa aceitação à sua vontade?

 Por isto, com fé e humildade,  me coloco a cada momento na presença de Deus, quando me preparo para ouvir as mensagens de Nossa Senhora  no áudio player. 
Ofereço a Jesus este espaço, simples, para  publicá-las, para todos que ainda não têm a rotina e o passo a passo para encontrar estas mensagens por si mesmos na internet: que o façam aqui, inicialmente!

Neste domingo, no Dia das Mães, ofereço a cada um de vocês a oportunidade de conhecerem através deste blog a doçura e a sabedoria das mensagens de Maria, a Mãe de Deus, em Piedade dos Gerais-MG (Br). 
Pense nisto:
Se as mensagens tocam o seu coração, se o sensibilizam, transformam a sua vida, lhe trazem paz,   reflexão, mais espiritualidade, mais unidade na família, mais fraternidade, que é o desejo de Deus para a sua felicidade e salvação, então, o que importa é a sabedoria de Deus em  tornar visível, real e compreensível para você neste momento, a sua Luz, a sua vontade divina,  a mensagem do céu! Se você acredita que esta mensagem vem dos céus para você, então isto é o que importa - a sua verdade é aquilo que você acredita, e se lhe traz paz e felicidade, isto é o fruto de sua fé, e a glória de Deus!    
O que mais me encanta é saber que de modo transcendental, o Pai Eterno, através das mensagens de Maria, a sua Mãe, chega todas as semanas no meu lar, através deste meio de comunicação, trazendo do céu, uma doce mensagem de esperança! 
Num mundo que nos surpreende, entristece e desestabiliza com tanta violência, tantas angústias,  todas as semanas, sinto através destas mensagens, que a paz e a confiança voltam lentamente ao meu coração, à minha alma!
Deus Pai, o Filho e o Espírito Santo, na pessoa da Santíssima Trindade, com poder e sabedoria infinita, está reinventando a minha vida e a vida daqueles que têm fé e boa vontade para aceitar a sua graça e misericórdia neste momento!

Este é o meu testemunho para vocês amigos e visitantes, que carecem de um pouco de fé e paz nestes tempos tão conturbados! 
Jesus ama cada um de vocês e Maria os espera, com ternura e paciência!

Não deixem de ouvir as mensagens que são publicadas aqui, através da página "Aparições de Nossa Senhora de Piedade, que postei acima deste texto.
 Fiquem com Deus! 

Feliz dia das Mães para todos vocês! 

Márcia M. (Mensagem do Dia 13/05/2013)







Dia Das Mães



Dia Das Mães


Mãe
Lindas Páginas Iniciais para Google Chrome

FONTE

IMAGENS DO GOGLE CHROME
VÍDEOS DO YOU TUBE


MARCADORES - INDICE DOS ARQUIVOS



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

OBRIGADA PELA VISITA. VOLTE SEMPRE!

OBRIGADA PELA VISITA. VOLTE SEMPRE!